Saiba o que fazer antes e durante um voo longo

Saiba o que fazer antes e durante um voo longo

Saiba o que fazer antes e durante um voo longo

Viajar é um dos grandes prazeres da vida. Atualmente, a tecnologia permite que estejamos em diferentes continentes em questão de horas. Mesmo voando, alguns deslocamentos ainda tomam um grande tempo e, em casos mais extremos, até mesmo um dia a bordo de um avião. Por isso, é importante se preparar antes e saber o que fazer durante  um voo longo.

Uma viagem com mais de cinco horas de duração já pede cuidados especiais, pequenas atitudes que podem ser benéficas para a saúde física e mental. A seguir, vamos explicar como embarcar em um voo longo pode ser uma experiência mais prazerosa.

Se possível, escolha um bom assento

Tornar um voo longo uma melhor experiência começa na compra dos bilhetes. Se tiver opção, escolha bem o seu assento. Evite os que não reclinam, como aqueles próximos da saída de emergência, por exemplo.

Se você tiver problemas com a turbulência, os assentos mais centrais são os que menos sofrem com os efeitos do balanço durante o voo. Isso porque estão no ponto mais estável do avião. Sem falar que os localizados nos extremos costumam ter maior movimentação ao redor, por conta dos banheiros e dos tripulantes.

Faça o tempo passar mais rápido com conteúdo

O consumo de conteúdo é parte da condição humana. Em uma situação como a de uma longa viagem, se entreter é essencial. Para isso, há inúmeras opções que podem ser escolhidas de acordo com o seu gosto:

  • assista os filmes disponíveis no voo;
  • se tiver um notebook, o prepare para curtir suas séries preferidas;
  • leia de tudo, como as notícias, revistas e livros;
  • estude, conheça mais seu destino ou adiante algum trabalho

Cuide da sua saúde em um voo longo

Em um voo, todos ficamos suscetíveis às mudanças de pressão, da umidade, do nível de oxigênio e de temperatura. Além de que, quanto mais longa a viagem, mais tempo você tende a ficar parado na mesma posição.

Logo, questões como enjoos, dores de ouvido e problemas de circulação podem aparecer, mas é possível evitá-los com estas medidas:

  • leve chicletes consigo na bagagem de mão. Eles deixam seus músculos da face mais flexíveis e ajudam a tirar o ar da região do ouvido, diminuindo a pressão;
  • use um protetor auricular — muitas companhias oferecem, inclusive —, eles vão amenizar bastante os efeitos na decolagem e na descida para o pouso;
  • modere nas bebidas alcoólicas. Segundo os médicos, a quantidade ingerida equivale a três nas alturas, e sua eliminação acontece mais devagar;
  • hidrate-se muito bem. Dentro do avião, a pressão e a umidade são diferentes e podem ressecar o nariz e boca rapidamente. Beba o máximo de água possível.

Redobre o cuidado

Agora, uma questão ainda mais importante é a trombose. Um problema que é causado pela imobilidade prolongada do corpo e que pode causar muitos danos na circulação. Para combatê-la, no entanto, é simples:

  • movimente-se pelo menos de duas em duas horas. Ande pelos corredores, vá até o banheiro, não fique muito tempo sem mexer o corpo;
  • faça pequenos exercícios na própria poltrona. Basta fixar o calcanhar no piso e levantar a ponta do pé para melhorar a circulação nas pernas. Repita algumas vezes;
  • alongue-se. Estique os dedos, levante os braços, mova o pescoço. O segredo é não deixar o corpo parado por muito tempo e ativar os músculos.

Bom, agora já é possível diminuir o tédio e cuidar da saúde em voos longos, certo? Lembre-se que chegar bem é ótimo para aproveitar na plenitude sua viagem, independentemente da motivação.

Gostou do post? Compartilhe com seus amigos e familiares!

Simulação de Consórcio
Thank you! Your submission has been received!
Oops! Something went wrong while submitting the form.

Ler próximos artigos

Consórcio