Entenda como evitar dores de cabeça com obras na casa

Entenda como evitar dores de cabeça com obras na casa

É inevitável: cedo ou tarde você vai reformar o seu lar, seja para renovar a decoração, seja para reparar algum problema do imóvel. Porém, para muita gente, só o fato de pensar nisso já gera estresse e muita preocupação. Isso porque obras na casa mudam a rotina da família, podem estourar o orçamento e o pior: o resultado final, às vezes, pode ficar aquém do desejado. Bastante coisa, não é mesmo?

Foi pensando nisso que preparamos um post com algumas dicas essenciais para evitar dores de cabeça com esse assunto e minimizar ao máximo o aparecimento de problemas que tirem o seu sono. Confira!

Planeje a sua obra por ambientes

Para começar, é importante planejar as obras na casa por ambientes e por etapas (elétrica, hidráulica, estrutural etc.). Dessa forma, dá para prever o tempo que cada ação vai levar para ser concluída e evitar que vários cômodos da residência fiquem interditados ao mesmo tempo — o que pode tornar o processo uma grande bagunça!

Afinal de contas, isso tira o conforto da sua família, deixa os recintos revirados pelo avesso e, para completar, impossibilita atividades corriqueiras do dia a dia, como lavar roupas, usar eletrodomésticos ou mesmo cozinhar.

Use o consórcio para reformar

É casa nova que você quer? Conheça o consórcio imobiliário!

Programe o seu orçamento para os imprevistos

A segunda dica é programar com antecedência o orçamento para a reforma. A razão disso é simples: começar uma obra sem ter o dinheiro necessário para arcar com ela é pedir para ter problemas! Tenha em mente que podem faltar materiais, não ter como cobrir a diária dos profissionais envolvidos, caso ela dure mais dias, as despesas com água e energia elétrica aumentarem consideravelmente durante o período etc.

Por isso, o ideal é estipular uma média de gastos se baseando em todos esses detalhes e, em cima desse valor, adicionar um total de 20% para possíveis imprevistos. Lembre-se de que prevenir é melhor do que remediar!

Contrate mão de obra especializada

Para encerrar, não deixe de optar por uma mão de obra especializada para a reforma. Por exemplo, se são necessários um eletricista e um pedreiro, procure por quem realmente desempenha essas funções. Uma boa sugestão é pedir referências de profissionais do ramo aos seus amigos, colegas e conhecidos.

Isso porque, por maior que seja a tentação de economizar, ao pagar menos pelo serviço ou ter menos trabalhadores atuando simultaneamente, o seu foco deve ser sempre em contar com pessoas capacitadas e experientes.

Dessa forma, além de evitar erros, é possível ficar tranquilo quanto ao controle de desperdício dos materiais, ao cumprimento do prazo estipulado para a conclusão das alterações no imóvel e, acima de tudo, à qualidade do resultado final.

Com as dicas que apresentamos ao longo do texto, será muito mais fácil planejar as obras na casa, programar-se financeiramente e garantir que todas as alterações sejam feitas com segurança e eficiência. Por isso, já sabe: adote-as como mantra ao realizar qualquer reforma na sua residência!

Imagem Consorcio Embracon CTA
Gostou do nosso post? E que tal saber mais sobre as nossas novidades em tempo real? Siga-nos nas redes sociais e veja tudo na sua timeline. Estamos no Facebook, Instagram, Twitter e LinkedIn, além de um canal incrível no YouTube.

chat Eva