Cartas de consórcio contempladas para imóveis

Seja para conquistar a casa própria, um bom carro ou uma grande viagem, tudo é preciso de dinheiro, não é mesmo? Para pegar um atalho e alcançar os objetivos, o mercado financeiro disponibiliza várias opções de crédito para os mais variados perfis.

Quem tem interesse nessas opções, é essencial fazer uma avaliação detalhada para se certificar de que se trata de um bom negócio. Optar por um financiamento, por exemplo, nem sempre é a escolha mais atrativa devido às taxas altíssimas de juros que são associados. Por isso é que muitos voltam sua atenção para uma alternativa muito interessante: o consórcio.

Afinal de contas, as parcelas são bem mais atrativas e de não haver cobrança de juros, o uso da carta de crédito dá grande flexibilidade e poder de compra a quem recebe. 

O que são cartas de consorcio contempladas para imóveis?

As pessoas que participam de um consórcio recebem, no ato da contemplação, um documento financeiro chamado carta de crédito. Essa carta possibilita a compra dos produtos ou a contratação dos serviços estabelecidos previamente no contrato de consórcio, como veículos e imóveis. 

Como o próprio já diz, uma carta de crédito contemplada é aquela que já está pronta para ser utilizada na compra do bem desejado. Vale lembrar que a contemplação pode acontecer de 2 maneiras: por meio de um sorteio realizado pela administradora ou pela oferta de um lance vencedor.

Com o passar do tempo, no entanto, algumas pessoas acabam mudando os planos, preferindo reaver o dinheiro investido e transferir sua cota para outro interessado. Existem também aqueles que buscam fazer dessa prática um verdadeiro negócio, com intuito apenas o lucro com a revenda de cartas de crédito contempladas.

Como esse negócio funciona na prática?

Pense na seguinte situação: uma pessoa que possui uma cota de consórcio com parcelas de mil reais e, em determinado mês, oferece 10 mil reais como lance. Neste caso, em que é oferecido um valor maior que o habitual, o participante aumenta suas chances de conseguir a tão esperada contemplação.

Se essa mesma pessoa optar por vender sua carta de crédito contemplada, o comprador deverá pagar o valor solicitado pelo detentor da cota e assumir as parcelas restantes, de mil reais cada, até o final do contrato.

É aí que mora o perigo! Os vendedores profissionais chegam a cobrar um valor bem maior que aquele que já foi pago pela carta, outros buscam principalmente recuperar o dinheiro já investido para realizar algum outro objetivo.

Resumindo: investindo em cartas de consórcio contempladas para imóveis, o comprador recebe o valor integral contratado. Mas, também será necessário cobrir o valor das parcelas que o vendedor já pagou.

Com tantas ofertas, a maioria das pessoas se veem tentadas a partir para essa escolha. Afinal de contas, com ela parece ser possível não pagar os juros dos financiamentos convencionais e já poder resolver a situação imediatamente, sem maiores problemas. Contudo, a prática mostra que não é bem assim. Entenda o porquê!

Quais cuidados tomar ao pensar em comprar uma cartas de consorcio contempladas para imóveis 

 Por não ter as mesmas garantias de um consórcio fechado diretamente com a administradora, o interessado nessa compra deve tomar alguns cuidados. Saiba quais são os principais!

Verifique a origem da carta de crédito

Ainda que a venda das cartas de consórcio contempladas para imóveis seja prevista legalmente, é praticamente impossível ter certeza que o vendedor é confiável. Até porque, existem pessoas que utilizam dessa atividade para aplicar golpes, causando grandes perdas financeiras às vítimas.

Fora os golpes, também existem situações em que os procedimentos necessários para essa negociação não são corretamente realizados, mesmo que por falta de conhecimento. Erros nesse processo também podem acabar resultando em prejuízos às partes — principalmente ao comprador.

Também pode ocorrer da carta ser real, mas a contemplação não. Neste caso, você corre o risco de comprar e depois, mesmo que toda a transferência seja feita, ainda ter que esperar ou ser obrigado a dar lances para antecipar a contemplação. 

Quando isso acontece, as chances de o comprador da carta se arrepender do negócio são grandes, já que precisará dar continuidade a um plano que não atende a suas necessidades.

Cheque a autorização da administradora

Outro ponto fundamental é conferir se a administradora é autorizada pelo Banco Central para emitir cartas de crédito. Isso porque, existe uma chance mínima de o próprio vendedor ter caído em um golpe e nem saber! Se for o caso, ainda que sem consciência, acaba repassando o problema para o comprador.

Fora isso, é preciso se atentar ao contrato e suas cláusulas, que não é sempre que são exatamente aquelas que ouvimos comentar. Analise as taxas administrativas e as parcelas restantes do consórcio para não comprar achando que terá que arcar com um valor no mês e depois descobrir que o montante é totalmente diferente do que imaginava. Se não tiver condições de dar continuidade aos pagamentos, você pode perder tudo.

Conheças as regras para utilização da cartas de consorcio contempladas para imóveis

É extremamente importante lembrar que cada administradora pode impor condições próprias para o efetivo uso do crédito. Por isso, busque saber como funciona para não dar um tiro no escuro. Imagine se, depois de tudo, você não não conseguir realizar o projeto que desejava ou se o bem adquirido precisar ficar sob garantia da administradora até tudo estar devidamente quitado. 

Também é importante ressaltar que se estiver prevista alguma restrição para a compra de bens com a carta de crédito, você pode não conseguir fazer o que queria. Outro sério problema é o de transferir dinheiro para uma pessoa sem antes ter tudo resolvido. 

Por fim, mesmo que tudo seja checado, sempre irão existir alguns riscos na tentativa. Jamais o processo será tão claro e tratado com tranquilidade como quando se faz no início de um grupo de consórcio, bem assessorado por uma empresa competente. 

Cartas de consórcio contempladas para imóveis então não são uma boa opção?

Após compreender esses pontos, fica simples entender que esse modelo de compra de carta de consórcio não é indicado, uma vez que aumenta as chances de mais pessoas caírem em golpes e colocar o comprador em uma situação de vulnerabilidade. 

Sendo assim, o mais indicado é dar preferência a empresas especializadas, que podem oferecer garantias quanto à procedência do consórcio e às condições especificadas em contrato, ainda ajudando no caso de dúvidas.

Se você quer contar com todas as vantagens que o consórcio oferece, como sua praticidade, ausência de juros e burocracia mínima, o melhor negócio é adquirir uma cota no início, em seu próprio nome, para sua segurança faça você mesmo o consórcio. 

O dinheiro que seria usado para a compra da carta de crédito contemplada pode ser ofertado como lance, e isso aumenta as chances de contemplação. Assim, você adianta algumas parcelas e tem a carta de crédito disponível para uso rapidamente. É bem melhor, não é mesmo?

Conte com a Embracon para te ajudar com o todo o processo burocrático, de um jeito simples e com garantia de que no final de tudo, você terá seu bem em mãos. Faça a sua simulação agora mesmo! 

Cabe mais sonhos na sua lista de realizações?
Conheça mais

Consórcio de Carros

Seu parceiro de estrada tá te esperando.

Consórcio de Imóveis

Um lugar pra chamar de seu sem juros, sem sustos e sem entrada a um clique.

Consórcio de Motocicletas

Acelere com a Embracon.

Consórcio de Pesados

Empreenda e amplie o faturamento do seu negócio com condições exclusivas.

Consórcio de Serviços

Realize o sonho que te chama.

Faça uma simulação de consórcio

Com a Embracon, seus sonhos não envelhecem.

Simule seu consórcio
chat Eva