Venda e lançamento de imóveis têm aumento expressivo no primeiro trimestre

Venda e lançamento de imóveis têm aumento expressivo no primeiro trimestre

Segundo indicador Abrainc-Fipe, 26.384 imóveis foram lançados no primeiro trimestre de 2021, valor 38,8% superior ao apurado no mesmo período de 2020

De acordo com o indicador Abrainc-Fipe, medido pela Associação Brasileira das Incorporadoras Imobiliárias (Abrainc) em parceria com a Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe), 26.384 imóveis foram lançados no primeiro trimestre de 2021, valor 38,8% superior ao apurado no mesmo período de 2020.

Nos últimos 12 meses até março, 128.445 unidades foram lançadas, o que representa um acréscimo de 10,6% em relação aos 12 meses anteriores.

Com relação à venda de imóveis novos, o levantamento apurou que, no primeiro trimestre, 34.823 imóveis foram comercializados, crescimento de 21,4% frente ao mesmo período de 2020. No acumulado nos últimos 12 meses encerrados em março, as 144.688 unidades comercializadas superaram em 27,1% o volume transacionado no período precedente.

As vendas líquidas, por sua vez (excluindo as das unidades destratadas), tiveram alta de 22,3% no primeiro trimestre e de 28,3% em 12 meses.

Conforme a pesquisa, os lançamentos no segmento de Médio e Alto Padrão cresceram 64,7% no primeiro trimestre e 4,4% em 12 meses. Já as vendas caíram 4,1% no primeiro trimestre e 7,3% em 12 meses.

Já os empreendimentos enquadrados no Programa Minha Casa, Minha Vida (MCMV) foram responsáveis por 82,3% dos lançamentos e 83,8% das vendas residenciais nos últimos 12 meses. Neste segmento, as unidades lançadas registraram altas de 30,6% no primeiro trimestre de 2021, e de 12,1% no acumulado em 12 meses. Nas vendas, as elevações foram de 25,9% no primeiro trimestre e de 37,3% nos últimos 12 meses.

Fonte: AECweb

chat Eva