Créditos no consórcio imobiliário: nova pesquisa da ABAC

Créditos no consórcio imobiliário: nova pesquisa da ABAC

O consórcio imobiliário foi alvo de uma pesquisa realizada pela ABAC em maio de 2020. Entre as informações levantadas junto às administradoras associadas que atuam no segmento, está o destino dos créditos disponibilizados pelo consórcio de imóveis. Veja o que constatamos:

A pesquisa de maio de 2020 confirmou o que se mostrou como padrão em anos anteriores. A aquisição de imóveis residenciais urbanos é a principal utilização dos créditos do consórcio imobiliário. Essa foi a escolha de 52,3% dos consorciados.

Entre as razões que podem ajudar a entender a preferência dos consorciados pela aquisição de imóveis residenciais urbanos está a possibilidade de utilizar o Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS). Entre janeiro e maio, foram liberados pouco mais de R$ 62 milhões do FGTS para 1.316 consorciados-trabalhadores.

O FGTS pode ser utilizado para oferta de lance, complementação da carta de crédito, amortização ou quitação do saldo devedor e pagamento de parte das prestações. A aquisição de terrenos também é permitida, desde que a compra esteja vinculada à construção imediata de imóvel. As regras que o trabalhador e o imóvel devem atender foram definidas pelo Agente Operador, que é a Caixa Econômica Federal.

Fonte: ABAC

chat Eva